Educação: 5 benefícios das atividades extracurriculares para o seu filho.

0
10

Durante a formação acadêmica de crianças e adolescentes, eles são colocados em situações para desenvolver uma série de habilidades e características, que serão cobradas mais tarde, seja em forma de provas, seja em forma de atitudes.

Dentro das salas de aula, no entanto, não cabe a abordagem de todas essas capacidades ou não há tempo suficiente para se fazer um trabalho de longo prazo. Nesse sentido muitas escolas oferecem opções de atividades extracurriculares para que os alunos tenham mais espaço e oportunidades para se desenvolverem.

Nos tópicos a seguir, falaremos sobre alguns benefícios que esse tipo de atividade traz para o seu filho. Fique conosco e confira!

Como incentivar os filhos a ler na adolescência?
1 – Desenvolvimento cognitivo
As habilidades cognitivas são aquelas relacionadas à capacidade de receber uma informação, interpretá-la e, a partir disso, tomar decisões. Atividades extracurriculares voltadas para lógica, memorização, pintura, teatro, entre outras possibilidades, são ótimas opções para essa progressão das habilidades cognitivas.

Nessas dinâmicas extracurriculares, os estudantes têm mais oportunidades de fazer um trabalho gradativo de desenvolvimento, e para as crianças, esse momento consegue ser ainda mais valioso, já que o pensamento lúdico ainda se manifesta de forma mais acentuada em relação aos adolescentes, que já estão em uma outra etapa do desenvolvimento cognitivo.

2 – Aprendizado de novos idiomas
Como você já deve estar cansado de saber, na sociedade atual, comunicar-se apenas na língua nativa é estar desconectado do resto do mundo, por isso aprender novos idiomas é tão importante.

Matricular seu filho em uma atividade extracurricular de línguas contribuirá em grande escala para que ele aprenda conceitos básicos e avançados do idioma que ele preferir durante a infância e a adolescência. Dá-se mais espaço ao estudo de inglês por ser a língua mais importante no mundo. Em segundo plano, vêm o espanhol, o mandarim, o francês e outros, mas é claro que conhecer qualquer outro idioma é muito válido.

Com essa prática, seu filho poderá desenvolver também habilidades como raciocínio lógico, pensamento ágil e concentração, além de expandir o conhecimento cultural e aprender mais sobre outros povos e nações.

3 – Interação social
Certas atividades extracurriculares exploram bastante a interação social ao permitir que os estudantes se relacionem mais, conversem, troquem experiências e elaborem dinâmicas para se conhecerem melhor.

Aulas de teatro, dança, música e artes são exemplos em que o seu filho pode ser matriculado para melhorar as relações sociais.

A sociedade passa constantemente por mudanças, e precisamos estar atentos às novas discussões, perceber aquilo que não cabe mais nas relações humanas e, principalmente, ter amor e respeito ao próximo. As atividades extracurriculares que lidam com as relações sociais têm um papel fundamental para ajudar os jovens e as crianças a despertar essa visão mais humana.

4 – Capacitação emocional
As habilidades emocionais estão em discussão em diversos meios, como no ambiente profissional, no acadêmico e no familiar. Por conta disso, as pessoas estão mais abertas a conhecer umas às outras e a falar sobre os seus sentimentos.

Devido a isso, é legal que as crianças e adolescentes tenham contato com atividades que estimulem esse conhecimento. É importante que elas compreendam que diferentes experiências podem gerar emoções diversas, como alegria, frustração, animação, medo, ira, entre outras.

Ter esse conhecimento e aprender a controlar as emoções quando necessário certamente vai contribuir para melhores relações no futuro.

5 – Corpo em movimento
Sabemos que, nos dias de hoje, as atividades eletrônicas são tentadoras para jovens, e muitos deles desistem de praticar exercícios físicos para ficar em frente aos computadores e videogames. Porém, a rotina ativa de esportes faz parte do desenvolvimento corporal, mental, físico e psicológico.

Aulas extraclasse, como futebol, basquete, vôlei, tênis, ioga, atletismo, natação etc., são práticas que contribuem para uma melhor performance escolar e, claro, para deixar a saúde em dia.

Conclusão
Diversas atividades extracurriculares são capazes de desenvolver vários pontos abordados neste artigo. Dessa forma, é interessante conversar com seu filho para que ele opine sobre qual mais se encaixa com o seu perfil e então matriculá-lo.

Se você gostou deste texto, não deixe de visitar o blog do COC para conferir outros materiais sobre a educação e o desenvolvimento do seu filho.

Volnei Barboza

DEIXE UMA RESPOSTA